Notícias Nacionais

“(…)como é importante que só saia dos nossos lábios aquilo que promova vida e força espirituais!”

Podemos ler esta citação de Ellen White, no livro Caminho a Cristo e, nesse sentido, aqui estamos, partilhando convosco, mui estimada família espiritual, momentos especiais de gratidão e alegria.

Se existem manhãs “cheiinhas”, o Sábado 06 de Maio de 2017 foi um exemplo real, vivido na Igreja de Setúbal, que nos fez sentir muito bem!

Nos últimos anos, a nossa comunidade tem sido sacudida por alguns problemas dolorosos, mas sentimos uma gratidão enorme pois, na dor e nos desafios gigantes, as nossas frágeis almas sentem a premente necessidade de se inclinarem e buscarem o Senhor, Que nos adverte: E se o Meu povo, que se chama pelo Meu nome, se humilhar, orar, buscar a Minha face e se converter dos seus maus caminhos, então Eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra”. II Crónicas 7:14

Louvamo-Lo, pois tivemos a alegria de ver a consagração de 3 anciãos, 12 almas ao diaconato e 6 batismos, um deles, um rebatismo, o que nos alegrou de forma muito particular. Nestas três cerimónias participaram pessoas de diferentes géneros, idades e nacionalidades, o que nos fez sentir ainda maior reconhecimento para com o nosso Criador, para Quem, não existem barreiras para o serviço e entrega plena!

Relendo, há pouco, a parábola do semeador conforme Mateus 13, comentada pelo Pastor Roberto Badenas, partilho convosco alguns pensamentos que me tocaram especialmente:

- "O encarregado de iniciar e estender o reino de Deus não é um general, mas sim um semeador. A Sua Palavra é pura semente. Aceitar o dom da semente e esperar que germine na nossa própria existência é o que a Bíblia chama "crer". A fé é a adesão a um grande projeto. Crer é entrar nos projetos de Deus."

Abraço-vos e termino com um texto fabuloso, que encontramos em Colossenses 1:9,11 e 10 na versão BPT, adaptada:

“9. …nunca deixemos de orar uns pelos outros... pedindo a Deus que nos dê o pleno conhecimento da Sua vontade, concedendo-nos toda a sabedoria e entendimento que vem do Seu Espírito.

11. Pedimos ao nosso Deus que nos torne firmes e constantes pelo Seu poder glorioso, para que possamos suportar tudo com paciência e alegria.

10. Desse modo, poderemos viver segundo a vontade do Senhor e fazer o que Lhe agrada, praticando sempre o bem e crescendo no Seu conhecimento.”

Ámen!

Ad7 Notícias | Guida Baptista Esteves - Primeira anciã da IASD de Setúbal