Notícias Nacionais

MEET-IR 2017

Pelo segundo ano consecutivo, realizou-se o MEET-IR, Encontro Inter-Religioso de Jovens, entre os dias 11 e 14 de julho, na cidade de Palmela.

Este encontro, organizado pela agência governamental Alto-Comissariado para as Migrações, tem o apoio do Grupo de Trabalho Inter-Religioso, do qual faz parte a Igreja Adventista do Sétimo Dia. O seu objetivo é colocar em contacto jovens, entre os 18 e os 24 anos, no sentido de darem a conhecer as suas comunidades e entrarem em contacto com membros de outras comunidades com presença em Portugal. Este ano, para além das atividades sociais e recreativas, o grupo formado por 18 jovens de 8 comunidades religiosas diferentes prestou também serviço voluntário em instituições de solidariedade social, apoio à pobreza e às crianças em risco do Distrito de Setúbal. Foi ainda preparado e assinado pelos jovens um texto comum, sobre as preocupações com a pobreza, a injustiça, a ecologia, entre outros, a ser entregue oportunamente a entidades oficiais.

Os jovens representantes da comunidade Adventista do Sétimo Dia foram a Olívia Santos, da Igreja do Fundão, e a Madalena Rascão e o Tiago Dias, da Igreja da Amadora. O Departamento de Liberdade Religiosa e Assuntos Públicos agradece a disponibilidade destes queridos jovens, bem como a forma empenhada e simpática como representaram a Igreja. Este tem sido um projeto que, não comprometendo os princípios e as orientações da Igreja sobre relacionamento com outras crenças, tem valorizado o conhecimento e a experiência de jovens adventistas sobre a diversidade religiosa do nosso país, ao mesmo tempo que, de uma forma aberta e amiga, dá a conhecer quem somos através do encontro com jovens de outras crenças. 

Aqui ficam alguns testemunhos:

O MEET IR foi uma experiência enriquecedora, pois pude partilhar aquilo em que acredito enquanto Adventista do Sétimo Dia com outros jovens. Eles escutaram e demonstraram bastante interesse, sem qualquer preconceito e o que me impressionou foi o facto de não ter visto nenhum julgamento negativo da parte deles. Acredito que ficou uma pequena semente no coração destes jovens, em particular naqueles que admiravam tanto a minha postura como da Madalena e do Tiago. Para além do nosso testemunho, ainda pudemos cantar com eles a música "Amar é fazer amigos". Quem sabe se, deste encontro, levamos amigos para a eternidade!

Olívia Santos

Este foi um encontro que, apesar de não ter como base uma experiência espiritual, se revelou uma oportunidade para compreender, na prática, o que é o respeito e o amor pelo próximo. Percebi que, quando procuramos relacionar-nos com os outros, o que nos chama a atenção é a semelhança, em detrimento das diferenças. Há pelo menos três pilares que aproximam as religiões: o amor ao próximo, o serviço e a relação com o ambiente. Aprendi que relacionar-me com pessoas de outras comunidades religiosas não significa perder a minha identidade religiosa e que o conhecimento mútuo é a chave para um convívio em serenidade. Não é de espantar que Jesus se relacionasse com todos -  na verdade não é Ele conhecedor de todas as coisas? 

Madalena Rascão

HOPE Portugal | Paulo Sérgio Macedo - Secretário Geral da AIDLR - Secção Portuguesa