Notícias Internacionais

Delegados de todo o mundo desafiados a partilhar a  mensagem de saúde de forma intensa e pró-activa como uma resposta às doenças não transmissíveis.

Teve lugar de 7 a 12 de Julho em Genebra a 2º Conferência Global sobre Saúde e Estilo de Vida. Os quase 1200 participantes oriundos de 81 países, onde estavam incluídos 10 que representavam o nosso país.

As doenças não transmissíveis não resultam do contacto interpessoal mas são antes uma consequência de uma alimentação deficiente, consumo de tabaco e álcool e falta de exercício físico. Estas doenças têm crescido de forma dramática, sendo África o único continente onde não são a 1ª causa de morte. As doenças cardiovasculares, a obesidade, a diabetes tipo 2, doenças relacionadas com o uso do álcool e tabaco deixaram já há algum tempo de ser um problema dos países ricos, hoje estão no topo das preocupações mundiais de saúde e por isso, a razão de ser desta conferência global.   

Estiveram presentes líderes de todas as divisões do mundo e coube ao presidente da Conferência Geral, Pr. Ted Wilson, apelar para que cada um incorporasse na sua própria vida escolhas saudáveis. Delbert Baker, vice-presidente, deu o exemplo, incluindo na sua apresentação uma sessão de exercício físico com muitas flexões de braços, feitas em pleno auditório. Marcaram presença também, altos responsáveis mundiais da saúde, entre eles, o Dr. Anselm Hennis da Organização Pan Americana de Saúde com quem a Igreja Adventista tem um memorandum de entendimento e cooperação desde 2011, que destacou o papel muito importante que a nossa igreja tem tido para a promoção dos valores da saúde naquela região.

Inúmeros programas foram apresentados com o objectivo de que possam surgir muitos centros de promoção e educação para a saúde em todo o mundo e isto para além das instituições deve incluir cada uma das nossas Igrejas. A este envolvimento global na saúde, a liderança mundial apelida de “Comprehensive Health Ministry”, que na nossa língua poderíamos traduzir como “Ministério da Saúde Abrangente”. Este foi um dos termos mais usados na conferência. É um chamado ao envolvimento de todos, profissionais de saúde, pastores e membros de Igreja em geral e certamente está em sintonia com a metodologia ensinada e praticada por Cristo.

Daniel Bastos

Diretor do Departamento de Saúde e Temperança